Ações da Petrobras fecham em alta um dia após divulgação de prejuízo

As ações da Petrobras fecharam em alta um dia após a divulgação do maior prejuízo da história da companhia. Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), os papéis ordinários (que dão direito a voto em assembleia de acionistas) subiram 2,24%, para R$ 10,48. As ações preferenciais (que dão preferência na distribuição de dividendos) valorizaram-se 0,62% e encerraram esta terça-feira (22) em R$ 8,11.

Ontem (21), a Petrobras divulgou o balanço de 2015, que apontou prejuízo de R$ 34,8 bilhões no ano passado. Os principais motivos do prejuízo foram a reavaliação dos bens e investimentos, principalmente por causa da queda nos preços do petróleo no mercado global e da perda do selo de bom pagador pelas agências de classificação de risco. Em 2014, a Petrobras tinha perdido R$ 21,6 bilhões.

No entanto, o desempenho das ações da Petrobras foi insuficiente para fazer a Bolsa de Valores encerrar o dia em alta. O Ibovespa, índice da Bolsa, fechou o dia com queda de 0,32%, aos 51.010 pontos, depois de alternar momentos de alta e de queda durante o pregão.

No mercado de câmbio, o dólar abriu o dia em alta e chegou a superar R$ 3,65 pela manhã. A cotação, no entanto, inverteu a trajetória durante a tarde e fechou o dia com queda de R$ 0,009 (-0,26%), vendido por R$ 3,601.

Com a queda de hoje, o dólar acumula recuo de 10,06% apenas em março e de 8,79% em 2016. Pelo segundo dia seguido, o Banco Central promoveu leilão de swap cambial reverso, que equivale à compra de dólares no mercado futuro. Há três anos, esse tipo de operação não era feito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos