Chuvas

Chuvas de março em São Paulo superam em 18% média histórica do mês

Da Agência Brasil

  • Newton Menezes/ Futura Press/ Estadão Conteúdo

    25.mar.2016 - Nuvens carregadas na região da zona norte

    25.mar.2016 - Nuvens carregadas na região da zona norte

O volume de chuva na cidade de São Paulo atingiu 207,2 milímetros (mm) em março, 18% acima da média histórica para o período, segundo medições do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), órgão da prefeitura paulistana. Em nota, o meteorologista Thomaz Garcia informou que as precipitações foram mais fortes nos primeiros 11 dias do mês, acumulando 170,5 mm, equivalente a 82% do volume total.

Garcia observou que as chuvas de março ainda tiveram a influência do El Niño, fenômeno que já perdeu força. A zona norte da cidade foi a mais atingida com a chuva de março, acumulando 219,6 mm, seguida pela zona leste (214,1 mm), centro ( 214 mm), oeste (194,5 mm) e sul (190,3 mm). De acordo com o CGE, choveu em 22 dos 31 dias desse mês.

Os medidores de rua da prefeitura registraram em março média de temperatura mínima em 19,3 °C, ligeiramente superior ao previsto: 19,1 °C. A máxima atingiu 28,6 °C , também um pouco acima da média histórica, que é de 28,1 °C.

Mananciais

Sobre o Sistema Cantareira, choveu 179,6 milímetros  nos 31 dias de março, quantidade ligeiramente superior à média histórica do período (178 mm). O nível iniciou o mês de abril em alta, passando de 65,4% para 65,5%. Os dados são da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

Também foi registrado um volume de chuva acima da média histórica em mais quatro dos cinco mananciais administrados pela Sabesp. O único que apresentou quantidade menor foi o Sistema Rio Grande da Serra, que opera com boa reserva (96,5%) de sua capacidade. No mês passado, recebeu 160,4 mm de chuva ante a média de 186,3 mm.

No Alto Tietê, com nível estável em 43,2%, o índice pluviométrico alcançou 186,1 mm, maior do que o previsto (172,4 mm). No Guarapiranga, de ontem (31) para hoje (1), o nível teve uma pequena baixa, ao passar de 87,6% para 87,3%, mas ao longo de março também captou um expressivo volume, acumulando 174,2 mm para uma média histórica de 153,2%.

No Sistema Alto Cotia, que opera estável com índice de 100,2% de sua capacidade, o acumulado de chuva atingiu 207 mm ante uma média histórica de 149,1 mm. No Rio Claro, onde houve pequena diminuição do nível (de 102,6% para 102,2%), o índice pluviométrico fechou o mês com 302 mm, bem acima da média (245,9 mm).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos