Presidente do fundo de pensão da Caixa deixa cargo após cinco anos

Depois de cinco anos no cargo, o presidente da Fundação dos Economiários Federais (Funcef), Carlos Caser, deixou a função hoje (1º). O nome do substituto será anunciado nos próximos dias.

A Funcef é o fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal. Em nota, a entidade informou que a saída de Caser estava acertada desde 2015, mas que ele permaneceu no cargo para prestar esclarecimentos à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Fundos de Pensão sobre sua gestão.

Terceiro maior fundo de pensão do país, a Funcef acumula déficit de R$ 13,2 bilhões desde 2012, dos quais R$ 8,8 bilhões apenas no ano passado. Caser teve que explicar à CPI as causas do prejuízo, provocado por investimentos em ações que deram resultados negativos, pelo investimento de R$ 1,3 bilhão na Sete Brasil - empresa que fornece sondas à Petrobras e está em recuperação judicial - e por reajustes nas aposentadorias e pensões.

Conforme o estatuto da Funcef, a Caixa indicará o substituto para apreciação do Conselho Deliberativo da fundação. Funcionário de carreira do banco, Caser foi diretor de Controladoria do fundo de outubro de 2002 a agosto de 2007 e diretor de Benefícios de agosto de 2007 a maio de 2010. Entre julho e outubro de 2010, assumiu temporariamente a presidência do fundo de pensão, cargo no qual foi efetivado em maio de 2011.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos