Olimpíada: Galeão receberá 1 milhão de passageiros a mais este ano

rio2016_banner

 

A movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional Rio Galeão, no Rio de Janeiro, deverá aumentar este ano em cerca de 1 milhão de passageiros, passando dos atuais 17 milhões de usuários/ano para perto de 18,5 milhões ao longo de 2016 em decorrência dos Jogos Olímpicos, que começam em agosto.

A informação é do presidente da concessionária Rio Galeão, Luiz Rocha, que participou hoje, no salão nobre do terminal, da solenidade de anúncio do International Brazil Air Show (Ibas), que ocorrerá nas instalações do aeroporto entre 29 de março a 2 de abril do próximo ano.

Ele explicou que o terminal deverá registrar pico de entrada de passageiros para os jogos do Rio no primeiro dia do evento - 5 de agosto - quando o volume de pessoas embarcando e desembarcando deverá saltar dos atuais 40 mil passageiros/dia para cerca de 90 mil, mesmo número que será registrado no último dia dos jogos.

"Nós acreditamos que agora em 2016, com os jogos olímpicos, devemos receber ao longo do ano 18,5 milhões de passageiros, contra os 17 milhões que recebemos anualmente. Nossas estimativas indicam que o dia de maior movimento será 5 de agosto, quando da abertura dos jogos, quando deverão desembarcar cerca de 90 mil passageiros, mais que o dobro em relação aos 40 mil que desembarcam no local diariamente", disse.

Turistas

A concessionária informou que, até o fim de abril, terá concluído a construção do novo píer, com mais de 100 mil m². Para receber os turistas do Brasil e de todo o mundo, a Rio Galeão, empresa responsável pela administração do Aeroporto Internacional Tom Jobim terá investido até o final deste mês aproximadamente R$ 2,1 bilhões.

"A obras de ampliação e modernização do novo pier já estão praticamente prontas. Em 30 de abril nós teremos concluído todas as obrigações da fase 1-8 e, em maio, será aberto [o novo píer] ao público", informou Rocha.

O projeto de modernização do aeroporto inclui, além da construção do Píer Sul, com mais de 100.000 m², a construção de 26 novas pontes de embarque, novos banheiros e fraldários, área de duty free duplicada para 8.000 m², além de 14 esteiras rolantes, quatro elevadores, seis escadas rolantes e 6 mil m² dedicados a salas Vips.

Três entre as 26 novas pontes de embarque contarão com especificações técnicas para acomodar aeronaves do código F, consideradas as maiores do mundo (A-380 e 747-8).

O presidente da Rio Galeão disse que a concessionária espera chegar a 2024 com um volume de embarque e desembarque de cerca de 30 milhões de passageiros, volume que deve ser duplicado até o final da concessão, que tem prazo de 25 anos.

Luiz Rocha informou, ainda, que deverá liberar em até duas semanas o restante dos R$ 2 bilhões de empréstimos do BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - de um total de R$ 5,2 bilhões que o consórcio terá que investir até o final do contrato de concessão.

Brazil Air Show

O Brazil Air Show se propõe a ser "o maior evento nacional" após as Olimpíadas e o primeiro do gênero no Brasil, reunindo 200 empresas dos setores aeroespacial, aeroportuário e fornecedores da aviação civil, militar e executiva para interlocução destas categorias, desenvolvendo melhorias para o mercado.

Nos moldes dos maiores salões do mundo, contemplará em sua programação uma exposição de aeronaves e equipamentos, shows aéreos e simuladores de voo para atrair o grande público. A expectativa é reunir 100 mil pessoas durante os cinco dias do evento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos