Holanda decide se aceita Ucrânia na União Europeia

Os holandeses têm que decidir hoje (6) se aceitam a entrada da Ucrânia na União Europeia. Segundo a agência RIA Novosti, as pessoas estão se dirigindo às urnas. Cerca de 100 pessoas apareceram na seção eleitoral estabelecida na Biblioteca Pública de Amsterdã no período de uma hora depois do início do procedimento.

O plebiscito será considerado realizado se o comparecimento incorporar pelo menos 30% de população holandesa. Os resultados da votação serão publicados no dia 12.

Se o resultado for negativo e a maioria dos holandeses votar "não" à associação com a Ucrânia, as formalidades ligadas à criação da zona de comércio livre irão continuar. Só a União Europeia pode dissolver o acordo, mas é praticamente improvável que isso ocorra, por causa dos interesses geopolíticos da União Europeia.

Entretanto, caso 30% dos cidadãos da Holanda votem contra a associação, o Parlamento do país deverá repetir o referendo.

As autoridades ucranianas esperam que os holandeses apoiem a associação. Antes da votação, Kiev lançou uma campanha de informação para esclarecer as vantagens dessa decisão aos holandeses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos