Ministro participa de ação contra Aedes aegypti em escola do Distrito Federal

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, participou hoje (6) de ação contra o mosquito Aedes aegypti no Centro de Ensino Fundamental Agrourbano Ipê, localizado no Riacho Fundo (DF). A estratégia é parte da mobilização contra o vetor no ambiente escolar. No colégio, as desta quarta-feira ocorrem em meio à Semana da Família na Escola.

O objetivo, segundo a pasta, é aproveitar o momento para orientar alunos e comunidade escolar sobre ações de prevenção ao mosquito, além de desenvolver atividades relacionadas ao tema, como oficinas e exposições. Os estudantes serão orientados sobre medidas que visam a evitar o acúmulo de lixo e água parada. Também serão distribuídos materiais informativos e didáticos.

"O que estamos fazendo hoje nesta escola estamos fazendo também na imensa maioria das escolas no Brasil. É um dia de mobilização nas escolas para combater esse mosquito tão prejudicial à nossa saúde", disse o ministro. "O mosquito agora está muito mais perigoso", acrescentou, ao citar a transmissão pelo vetor da febre chikungunya e do vírus Zika.

Em março, Castro visitou várias escolas. Ao todo, 18 milhões de estudantes em 4.787 municípios estiveram envolvidos em atividades de combate ao Aedes aegypti. Ao longo do ano, serão disponibilizados R$ 83 milhões para as 78 mil escolas que fazem parte do Programa Saúde na Escola. O objetivo é mobilizar equipes das escolas e de unidades de saúde, além das próprias comunidades.

"A arma que nos resta, no momento, é combater o mosquito", destacou o ministro. "Precisamos eliminar todos os criadouros do mosquito para que ele não possa nascer e nem transmitir todas essas doenças", completou.

Dados da pasta indicam que 4.046 casos de microcefalia possivelmente associada à infecção por Zika são investigados em todo o país. De outubro de 2015 até o dia 2 de abril, 1.046 casos já foram confirmados para microcefalia e outras alterações do sistema nervoso sugestivos de infecção congênita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos