Polícia Civil do Rio anuncia cortes e medidas para driblar crise financeira

A Polícia Civil do Rio de Janeiro anunciou hoje (6) medidas de adequação às restrições orçamentárias que o estado enfrenta. O secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, admitiu no mês passado que os investimentos em segurança ficaram reduzidos a "praticamente zero", depois do corte de 35% no orçamento da pasta.

Haverá redução de um terço no número de viaturas abastecidas nos postos dos órgãos de segurança pública, com exceção das frotas da Divisão de Homicídios, da Coordenadoria de Recursos Especiais, do Departamento Geral de Polícia Técnico-Científica e do DC-Polinter. Os órgãos administrativos também serão impactados pela medida.

Outra medida de economia será a suspensão temporária de diligências e recambiamentos de presos de outros estados, até o restabelecimento de recursos disponíveis para custeio de passagens aéreas e pagamento de diárias. Para economizar papel, os registros de ocorrências feitos tanto em delegacias ou por meio do site da corporação serão enviados por e-mail às vítimas e seus representantes legais.

O número de vagas do Regime Adicional de Serviço (RAS), que autoriza o trabalho extra dos policiais nos horários de folga com recebimento de gratificações, será reduzido em um terço. Além disso, serão adotadas medidas de redução ou suspensão de contratos de locação de veículos, entre outros.

Hoje, os policiais da instituição entraram em estado de greve e pretendem deflagrar a paralisação a partir de sexta-feira (8).

Na próxima segunda-feira (11), haverá uma reunião do sindicato dos policiais para avaliar o movimento grevista. Em resposta ao estado de greve, a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro disse, por meio de nota, que a chefia do órgão reconhece a "relevante e nobre" função das representações de classe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos