Deputados manifestam com cartazes intenção de voto na comissão do impeachment

Brasília - A comissão especial da Câmara, que analisa o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, discute o parecer do relator Jovair Arantes (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Deputados usam cartazes para manifestarem a favor e contra pedido de impeachment da presidenta Dilma RousseffFábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Trinta e quatro deputados federais que participam da comissão especial do impeachment da Câmara dos Deputados optaram por manifestar de forma visual se estão a favor ou contra o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff. Desde o início da sessão de debates, na tarde de hoje, os parlamentares mostram com cartazes suas intenções de voto. Pelo levantamento da Agência Brasil, dos 34 deputados que se manifestaram dessa forma, colocando pequenos cartazes à frente de seus computadores, 23 eram favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff e 11 contrários.

Os cartazes favoráveis ao impeachment eram todos padronizados, com a palavra de ordem Impeachment Já. Os contrários ao impeachment apresentavam dois padrões. Em um deles estava escrito "#VemPraDemocracia - Brasil contra o golpe!", e nos demais "Impeachment sem crime é golpe".

A comissão é formada por 65 deputados titulares e igual número de suplentes. Para que o parecer do relator Jovair Arantes (PTB-GO), que é favorável ao prosseguimento do processo de impeachment avance, é necessária a metade mais um dos votos dos parlamentares presentes.

A expectativa é de que, em função da relevância do assunto, todos os deputados participem da votação. Caso isso se confirme, serão necessários 33 votos para que a matéria seja aprovada na comissão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos