PROS tem três deputados pró-impeachment; apenas um é contra

Paula Laboissière

Da Agência Brasil

O líder e dois deputados do PROS se manifestaram nesta sábado (16) favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. 

O deputado Felipe Bornier (PROS-RJ) disse não ter "o rabo preso" e cobrou dos colegas parlamentares que "desenvolvam suas consciências e não envergonhem suas famílias votando 'sim'", no domingo (17). "Não manchem a sua história. Quem fizer isso vai ser desenhado como covarde".

O líder do partido, deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF), questionou, no plenário da Casa, quem serão os "Judas" do Congresso Nacional que, segundo ele, "trairão a população brasileira e suas bases por meio do voto contrário ao impedimento". 

"A população está de olho no Congresso, especialmente na Câmara dos Deputados. Não podemos trair a população, não podemos trair aqueles que nos escolheram. Escolha um lado, mas seja fiel com a sua base, com a sua palavra e com a sua escolha".

Contra

O deputado Odorico Monteiro (PROS-CE) disse que votará contra o impeachment. Em sua fala, ele lembrou que a democracia brasileira é jovem, tem apenas 30 anos e está ameaçada. 

O processo de impedimento, segundo ele, sem dúvida nenhuma, é golpe. "Querem o golpe do tapetão. Querer votar o impeachment sem crime é golpe. Não temos crime de responsabilidade no processo. O que temos, na realidade, é uma crise política estrutural produzida pelo fato de a presidenta ter perdido sua base aqui na Câmara", destacou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos