Equador entra em estado nacional de emergência após terremoto que matou 28

Da Agência Brasil

Pelo menos 28 pessoas morreram por conta de um terremoto que atingiu ontem (16) o Equador, informou o vice-presidente do país, Jorge Glas. Ele chamou a população à calma e confirmou a evacuação preventina em três províncias costeiras: Santa Elena, Manabí e Esmeraldas.

"Registramos 16 mortes na cidade de Portoviejo, dez em Manta e duas na província de Guayas", afirmou. "Foi decretado o estado de emergência a nível nacional "para salvaguardar a ordem pública".

O presidente do Equador, Rafael Correa, que está em visita ao Vaticano, enviou uma mensagem de ânimo ao país, após o tremor de magnitude 7,8 na escala de Richter. "Ânimo, país! Tivemos um forte abalo de 6,5 graus na escala Richter perto das costas de Muisne (informação preliminar). Já há autoridades em postos de controle avaliando danos e tomando ações. O vice-presidente está no ECU911 [central de emergência do Equador] coordenando em nível nacional. Estou seguindo os eventos", escreveu Correa en sua página na rede social Twitter.

* Com informações da Agência Lusa e da Agência Pública de Notícias do Equador e da América do Sul (Andes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos