PM reforça esquema de segurança na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

A Polícia Militar montou um esquema especial para garantir a segurança das pessoas que vão participar das manifestações pró e contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, que ocorrem hoje (17) na Praia de Copacabana.

Em uma reunião na última sexta-feira (15), no Quartel-General da Polícia Militar, ficou determinado que haverá uma limitação entre os dois movimentos no Posto 3, na Praça do Lido, além de reforço acertado com o comando da corporação, por orientação do governador em exercício Francisco Dornelles. O objetivo é aumentar a segurança e reduzir a possibilidade de encontro entre os dois grupos de manifestantes.

O Grupo Frente Brasil Popular, contrário ao impeachment, se manifesta pela manhã até as 13h, se deslocando do Posto 3 para o Posto 1, entre a Rua Hilário de Gouveia e o Leme.

Já os manifestantes do Movimento Brasil Livre e Vem Pra Rua, a favor do impeachment, vão se manifestar na parte da tarde, de 15h às 19h, com ponto de concentração no Posto 5, na altura da Rua Sá Ferreira, se deslocando para o Posto 3.

A Polícia Militar está reforçando o policiamento em Copacabana com homens do Batalhão de Choque, do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos, do Batalhão de Ações Com Cães, helicópteros do Grupamento Aeromóvel e também do Batalhão de Policiamento Burocrático.

Além do policiamento extraordinário, a PM contará com agentes da Operação Praia e vai intensificar as operações de revista nos ônibus que saem da zona norte e do centro para às praias da zona sul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos