Rondônia vota pela admissibilidade do impeachment, Goiás teve um contra

Ivan Richard - Repórter da Agência Brasil

Todos os deputados do estado de Rondônia, oito ao todo, votaram a favor da admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. É o segundo estado em que toda bancada vota favoravelmente ao afastamento da presidente. Já entre os deputados goianos, 16 declararam voto a favor do impeachment, e o deputado Rubens Otoni (PT) votou contra.

A aprovação depende do voto de 342 deputados (2/3 dos 513) a favor do parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que recomenda a abertura de processo contra Dilma, por considerar que houve crime de responsabilidade da petista por editar decretos de crédito suplementares sem autorização do Congresso e pelo atraso de pagamentos que ficou conhecido como pedaladas fiscais. Se o processo for admitido, o julgamento da presidente será conduzido pelo Senado.

A votação está ocorrendo de forma nominal. O próximo estado a votar será o Acre, depois o Tocantins. Ainda faltam votar mais de 300 parlamentares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos