Para estimular produção, Camex reduz impostos de máquinas e equipamentos

Da Agência Brasil

O Diário Oficial da União publicou hoje (22) resoluções da Câmara de Comércio Exterior (Camex) que reduzem o custo para aquisição no exterior de 275 máquinas e equipamentos industriais, sem fabricação no Brasil.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, serão beneficiadas indústrias que vão ampliar a produção ou construir novas unidades, com investimentos totais que passam de US$ 791 milhões. O Imposto de Importação para 251 bens de capital - máquinas e equipamentos para produção - cai de 14% para 2%. Para 24 bens de informática, a tarifa de importação foi reduzida de 16% para 2%.

De acordo com as informações fornecidas pelas empresas que solicitaram o regime ex-tarifário, destacou o ministério, as importações de equipamentos serão feitas, principalmente da Alemanha, da Finlândia, da Itália, dos Estados Unidos, da Coreia do Sul, da Holanda, da China, da Áustria e do Japão.

O regime de ex-tarifário reduz temporariamente a alíquota do Imposto de Importação de bens de capital e de informática e telecomunicação quando não houver a produção nacional equivalente. Segundo o ministério, além de viabilizar o aumento de investimentos, o regime incentiva a inovação por parte de empresas de diferentes segmentos da economia, com a incorporação de novas tecnologias inexistentes no Brasil, com reflexos na produtividade e competitividade das indústrias nacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos