Venezuela: no Dia do Trabalho, Maduro aumenta salário mínimo em 30%

Da Agência Venezuelana de Notícias - AVN

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou um aumento de 30% no salário mínimo a vigorar a partir de hoje, dia 1º, Dia Mundial do Trabalho. De 11.578 bolívares, o que equivale a R$ 3.994,51 pelo câmbio de hoje, o salário mínimo na Venzuela passará para 15.051 bolívares, correspondentes a R$ 5.192,59.

O aumento se estende às aposentadorias e soldos de trabalhadores públicos e militares.

Em rede de televisão, ontem (30) à noite, Maduro anunciou também que haverá um incremento na base de cálculo do tíquete alimentação de 2,5% a 3,5%, para um total de 18.585 bolívares, ou R$ 6.411,82.

Neste ano, o salário teve um aumento acumulado de 105%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos