Em reunião com Meirelles, Temer define primeiras ideias da área econômica

Ivan Richard - Repórter da Agência Brasil

Em encontro com o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), começou a definir hoje (2) as linhas gerais da área econômica do possível governo dele, caso o Senado aceite a admissibilidade do pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.

Ex-ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha confirmou que a reunião com Meirelles servirá para discutir as diretrizes econômicas do futuro governo. "Temos que saber que rumo vamos dar ao país. Então, temos que começar a pensar", disse.

"Se o Senado confirmar o afastamento, não haverá tempo para pensar depois", disse Padilha, um dos principais articuladores de Temer. 

Perguntado sobre as medidas de aumento de gastos anunciadas ontem (1º) pela presidenta Dilma, Padilha afirmou que elas são "absolutamente impossíveis".

O senador Romero Jucá (RR) participou da reunião.

O senador Romero Jucá, cotado para chefiar o Ministério do Planejamento na gestão Temer, participou do encontro, além do deputado e ex-ministro do governo Luiz Inácio Lula da Silva, Geddel Vieira Lima, que também pode assumir um ministério em uma eventual gestão Temer.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos