Angra dos Reis apresenta primeiro projeto para o Rio Media Center da Olimpíada

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

banner_caminho_do_podio

 

O município de Angra dos Reis, situado na Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, foi o primeiro a apresentar projeto para o Rio Media Center (RMC), visando a Olimpíada e a Paralimpíada que ocorrerão na capital fluminense em agosto e setembro próximos. O Rio Media Center é o centro de referência para a imprensa não-credenciada e credenciada pelo Comitê Olímpico InternacionaI (COI) para a cobertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Iniciativa da prefeitura do Rio de Janeiro, o RMC funcionará no Pavilhão Olímpico, ao lado dos prédios da prefeitura e do Comitê Rio 2016, no bairro Cidade Nova, centro da capital. No Pavilhão Olímpico, haverá espaço para exposições e demonstrativo dos destinos turísticos não só do Brasil, mas do exterior.

O projeto foi entregue ao secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, Nilo Sérgio, e à representante da Empresa Olímpica da prefeitura do Rio, Fernanda da Silva, durante a apresentação do RMC para gestores de turismo de mais de 30 cidades do interior fluminense.

Nilo Sérgio argumentou que graças a acordo de cooperação firmado pela secretaria com a Empresa Olímpica, os municípios do interior com vocação turística, que enfrentam, no momento, dificuldades de recursos para divulgação de seus destinos, vão poder se apresentar na Olimpíada e na Paralimpíada.

"Foi fantástico esse acordo porque, no espaço do RMC, as cidades poderão "vender" seus produtos. Pode ser gastronomia, artesanato, pacotes turísticos. Ali vão circular em torno de oito mil jornalistas não credenciados mas que estarão no Rio de Janeiro para cobrir tudo. Esse jornalista é que interessa à gente", disse o secretário hoje (4) à Agência Brasil. Ele comemorou a adesão de imediato de 30 municípios do interior do estado.

Destacou que como presidente do Fórum Nacional de Secretários de Estado de Turismo, cargo para o qual foi eleito no mês passado, ele já teve também a confirmação que dez estados brasileiros apresentarão seus projetos para serem levados à coordenação do Rio Media Center, para divulgação de seus destinos e riquezas nesse espaço. "Vai ser um lugar de badalação muito boa, com um público que interessa, que são os jornalistas, formadores de opinião", comentou. A expectativa é que o resultado amplie o número de turistas para o Rio e para o Brasil. Segundo o secretário, o cronograma das apresentações das cidades e estados será estabelecido pela Empresa Olímpica da prefeitura do Rio de Janeiro.

Passeios turísticos

Falando à Agência Brasil, o presidente da Fundação Municipal de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra), Klauber Valente, disse que a proposta da cidade abrange duas ações. "A primeira é trazer para Angra jornalistas que estejam no Rio de Janeiro, cobrindo os Jogos Olímpicos, em uma visita de um dia, com passeio turístico pela Baía da Ilha Grande, coisas de gastronomia e cultura, e interação com o meio empresarial de turismo", informou.

A prefeitura e os empresários virão ao Rio de Janeiro buscar os jornalistas e levá-los para essa experiência de um dia. Será oferecida também oportunidade de visita a comunidades tradicionais quilombolas e indígenas. "Experiências que os jornalistas podem ter. Eles serão multiplicadores de Angra depois dos Jogos Olímpicos", apostou Valente.

Outra proposta é a TurisAngra ir ao encontro dos jornalistas levando para o Pavilhão Olímpico informações sobre a cidade de Angra dos Reis, uma das mais antigas do Brasil, descoberta pelos portugueses em 6 de janeiro de 1502 e colonizada a partir de 1556. "Fazer um dia de atividades no próprio Rio Media Center", completou Klauber Valente.

Maior produtor de sardinhas e vieiras do Brasil e cidade com maior número de embarcações registradas para o turismo náutico, Angra dos Reis está apostando na Olimpíada com o objetivo de atrair uma mídia espontânea e, com isso, um número cada vez maior de turistas. "Temos uma das praias mais bonitas do mundo, que é a praia de Lopes Mendes; temos uma das ilhas mais bonitas do mundo, que é a Ilha Grande. Enfim, a gente está cheio de superlativos", externou o presidente da TurisAngra.

Como região da Costa Verde, os municípios de Angra dos Reis, Paraty e Mangaratiba pretendem também promover, em conjunto, um dia no Pavilhão Olímpico para exposição de seus atrativos naturais e culturais. "A gente ainda não detalhou, mas ficou acertado que vamos fazer", garantiu Valente.

Os municípios têm até 10 de maio para sugerir atividades voltadas à apresentação de suas cidades a esse público de jornalistas. O Rio Media Center será inaugurado no dia 22 de julho. Como a passagem da tocha olímpica por Angra dos Reis está prevista para 27 de julho, Klauber Valente estimou que embora as atividades ainda não estejam com as datas definidas, elas deverão ocorrer na segunda quinzena de agosto. (Alana Gandra)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos