Exército patrulha condomínio no Rio após ataque de traficantes a militares

Flávia Villela - Repórter da Agência Brasil

Para garantir a segurança em torno do conjunto habitacional Residencial Guadalupe, em Guadalupe, zona norte do Rio, onde muitos moradores são do Exército, uma patrulha com mais de 200 militares fez uma operação na área nesta manhã (5).

De acordo com o Comando Militar do Leste, a medida foi tomada após traficantes da favela do Muquiço, próxima ao condomínio, terem atirado contra um carro do Exército na manhã de ontem.

O patrulhamento começou ontem com revista de carros, motos e pedestres. Uma pessoa foi detida por desacato e liberada após prestar esclarecimentos na delegacia. Bloqueios com 17 carros blindados foram feitos em algumas ruas do bairro. Não houve confrontos, feridos nem presos.

O conjunto habitacional tem quatro blocos com 192 apartamentos identificado como Próprio Nacional Residencial: uma unidade habitacional destinada ao atendimento de necessidades de moradia de servidores e militares em exercício de cargo ou função na administração central do Ministério da Defesa. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos