Venezuelanos protestam contra falta de alimentos

Da Agência Lusa

A escassez de alimentos e de produtos de primeira necessidade nos mercados mobilizou hoje (7) cidadãos de várias localidades venezuelanas. Os manifestantes bloquearam a Estrada Nacional, que liga Guarenas a Guatire, impedindo a circulação de ônibus e caminhões, cenário que obrigou as autoridades a enviarem a polícia militar para o controle da situação.

Em La Victória, no estado de Arágua, a oeste de Caracas, houve manifestações contra as falhas de fornecimento de eletricidade e contra a dificuldade de conseguir alimentos nos mercados.

A falta de produtos e de energia elétrica também foi motivo de protestos em Valera, no estado de Trujillo, , onde dezenas de pessoas bloquearam várias ruas e queimaram pneus.

No estado de Táchira, fronteira com a Colômbia, segundo a imprensa local, houve momentos de tensão entre populares, que reclamavam a falta de alimentos básicos, ferramentas e peças para viaturas, como baterias e pneus, assim como medicamentos, gasolina, eletricidade e água.

De acordo com a imprensa local, a população alega que o fornecimento de água só acontece duas ou três vezes por semana, e também que os apagões de luz, durante várias horas ao longo do dia são frequentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos