Aumenta para 71 número de inscritos para falar em processo de impeachment

Da Agência Brasil

Mais três senadores se inscreveram na noite de ontem (11) para discursar sobre a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Com isso, o número total de parlamentares que devem falar nesta madrugada chega a 71. Os senadores Romero Jucá (PMDB-RR), Edson Lobão (PMDB-MA) e Raimundo Lira (PMDB-PB) se inscreveram na noite de ontem, os dois primeiros por volta das 19h50 e o terceiro cerca de 22h20.

Neste momento, a tribuna está sendo ocupada por João Capiberibe (PSB-AP), o 45º senador a discursar.  Como cada senador tem 15 minutos na tribuna do Senado e faltam 26 senadores para falar, faltam sete horas para terminar os discursos dos parlamentares.

Após essa fase, o relator  do processo, Antonio Anastasia (PSDB-MG), e o advogado-geral da União terão, cada um, 15 minutos para falar. Depois começa a votação eletrônica. Se não houver mais atrasos ou paralisações, a votação da admissibilidade do processo de impeachment da presidenta deve ocorrer após as 7h30 desta quinta-feira (12).

O quórum mínimo para votação é de 41 dos 81 senadores (maioria absoluta). Será possível votar sim, não ou abstenção. Após a conclusão da votação, será divulgado como cada parlamentar votou. Para que o parecer seja aprovado, é necessário voto da maioria simples dos senadores presentes - metade mais um.  O presidente do Senado só vota em caso de empate.

 

>> Acompanhe ao vivo sessão do Senado<<

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos