Médico Clementino Fraga Filho morre no Rio, aos 98 anos

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O professor e ex-reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Clementino Fraga Filho, morreu ontem (11), aos 98 anos. A informação foi divulgada pela UFRJ, por meio de nota à imprensa. Ele foi o responsável pela implantação do hospital universitário do Fundão, que hoje leva seu nome.

O hospital foi inaugurado em 1978 e Fraga Filho manteve-se como seu diretor-geral até outubro de 1985. Aposentou-se no ano seguinte e tornou-se professor emérito da universidade. Em sua longa trajetória na UFRJ, além de reitor da instituição e diretor do hospital universitário, foi diretor do Instituto de Nutrição e da Faculdade de Medicina.

De 1980 a 1982, foi também presidente da Associação Brasileira de Educação Médica. E, entre 1985 e 1989, participou das comissões do Ministério da Educação e do Conselho Federal de Educação para avaliação e reformulação do ensino médico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos