Semana Internacional de Segurança apresenta planejamento para a Rio 2016

Da Agência Brasil

A Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça iniciou hoje (12) a Semana Internacional de Segurança para os Jogos Rio 2016. O evento ocorrerá até dia 17, no Rio de Janeiro, e é direcionado a autoridades de segurança dos países participantes e aos comitês olímpicos e paralímpicos desses países. Também participam autoridades das cidades que receberão os jogos de futebol, bem como representantes das instituições envolvidas com a segurança dos eventos.

No encontro foi divulgado o 2º Briefing Internacional de Segurança Para os Jogos Rio 2016, destinado aos países participantes. Foram abordados os planos operacionais e difundidas informações mais detalhadas sobre a segurança da Olimpíada. O diretor de Operações de Grandes Eventos do Ministério da Justiça, Cristiano Sampaio, destacou o fato de vários setores trabalharem de forma integrada.

"Quando realizamos o primeiro briefing, nossa ideia foi dar um parecer geral sobre nossos planos e projetos. Agora, estamos apresentando, de forma mais detalhada e minuciosa, nossas estratégias. É importante contarmos com diversos setores trabalhando para garantir a segurança do evento, dos atletas e torcedores. Já estamos com 12 protocolos de segurança alinhavados para os jogos. Esse refinamento servirá para que nossas ações sejam fortalecidas. Tenho total tranquilidade para garantir que tudo correrá muito bem", garantiu.

Sampaio tratou descartou qualquer boato e preocupação com relação ao trabalho por conta da troca de comando no governo. "Não existe nenhum temor ou algo similar. Nosso planejamento não muda em nenhum ponto. Ele já está montado e esquematizado há muito tempo. Nossas ações serão feitas sempre com instituições públicas. Acredito que, se houver alguma interferência, será para o bem. Assim espero", disse.

Subsecretário extraordinário de Grandes Eventos do governo do Rio de Janeiro, Roberto Alzir concordou com Sampaio e pediu sensibilidade ao novo governo. "Não acredito que isso nos afete. Temos um processo muito estruturado. Cabe ao novo governo ter a sensibilidade de não mudar uma equipe que já trabalha junto por muito tempo e que está empenhada em garantir o bom espetáculo durante os jogos". Segundo Alzir, cerca de 18 mil homens da Polícia Militar deverão estar presentes, ajudando no esquema de segurança da Olimpíada.

"Toda e qualquer via da cidade que leve aos palcos das competições estarão muito bem vigiadas e protegidas pelos policiais militares. Teremos mais recursos, mais policiais e isso será preponderante para garantir que a população não correrá nenhum risco", afirmou Alzir.

Este é o segundo grande evento para divulgação do trabalho, baseado no Plano Estratégico de Segurança Integrada (PESI) e no Plano Tático Integrado (PTI) para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O PESI foi elaborado em conjunto pelos Ministérios da Justiça, Defesa e pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 serão realizados entre os dias 5 a 21 de agosto, com mais de 10 mil atletas de 206 países diferentes. Em 17 dias de competições, serão disputadas 306 provas com medalhas. Já os Jogos Paralímpicos, ocorrerão durante os dias 7 a 18 de setembro, trazendo mais de 4 mil atletas de 176 nações diferentes. Em 11 dias de disputa, serão realizadas 528 provas com medalhas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos