Cinco mortos e dez feridos em ataque suicida no Sul do Afeganistão

Da Agência Lusa

Pelo menos quatro policiais, um civil e um talibã morreram e dez pessoas ficaram feridas em um ataque suicida com um veículo que explodiu perto de uma academia de polícia e de uma escola no Sul do Afeganistão, informou fonte oficial.

O ataque ocorreu no início da manhã no distrito de Nad Ali, na província de Helmand, quando o atacante fez explodir a viatura enquanto era inspecionado em um dos controles de segurança de acesso à academia de polícia.

Segundo disse à EFE o chefe do parlamento provincial, Haji Karim Atal, um homem conseguiu passar com uma camioneta por um dos postos de controles do centro.

"O suicida chegou ao segundo posto de controle, a polícia mandou-o parar a fim de fazer a inspeção, quando, então, ele detonou os explosivos", disse Atal, explicando que a onda de choque atingiu também uma escola próxima do complexo.

Os talibãs reivindicaram o atentado em uma das suas contas no Twitter, na qual afirmaram que "dezenas de pessoas" ficaram mortas ou feridas na explosão.

As tropas afegãs mantêm uma guerra contra os talibãs em Helmand, onde os rebeldes chegaram a controlar temporariamente uma zona da capital, Lashkargah, o que levou as autoridades locais a alertar em dezembro que a província estava quase a cair.

Desde o final de 2015, os rebeldes controlam quase um terço do território afegão e em setembro chegaram a tomar temporariamente a cidade de Kunduz (Nordeste do país), a sua maior conquista militar desde a queda do regime há 14 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos