Artistas brasileiros em Cannes protestam contra afastamento de Dilma

Da Agência Brasil

Equipe do filme Aquarius, dirigido pelo brasileiro Kleber Mendonça Filho, protestam no tapete vermelho do Festival de Cinema de Cannes

Equipe do filme Aquarius, dirigido pelo brasileiro Kleber Mendonça Filho, protestam no tapete vermelho do Festival de Cinema de CannesGuillaume Horcajuelo/Agência Lusa/Direitos Reservados

Artistas brasileiros que apresentam o filme Aquarius no 69º Festival de Cinema de Cannes, na França, fizeram hoje (17) um protesto contra o afastamento temporário de Dilma Rousseff da presidência da República.

Ao subir o tapete vermelho, a equipe liderada pelo diretor Kleber Mendonça Filho segurava cartazes com frases como: "Um golpe de estado ocorreu no Brasil", "Brasil vive um golpe de Estado", "O mundo não pode aceitar um governo ilegítimo" e "54.501.118 de votos queimados!".

Kleber Mendonça estava acompanhado das atrizes brasileiras Maeve Jinkings e Sônia Braga, além da atriz Barbara Colen, do produtor Emilie Lesclaux e convidados. O protesto foi destaque na página do festival na internet.

No último dia 12, o Senado Federal aprovou a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, por 55 votos a favor e 22 contra. Com isso, foi determinado o afastamento de Dilma do cargo por até 180 dias, até que o mérito do impeachment seja votado, e a condução do vice-presidente Michel Temer para assumir interinamente a função.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos