Meirelles: Tombini vai assumir cargo no governo

Kelly Oliveira e Daniel Lima - Repórteres da Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (17) que Alexandre Tombini, atual presidente do Banco Central (BC), permanecerá integrando a administração federal, mas não adiantou em qual cargo. Meirellles anunciou hoje a indicação do economista Ilan Goldfajn para a presidência do BC. Ele ainda terá de ser sabatinado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado e ter o nome aprovado no plenário.

Em nota, Tombini disse que Goldfajn é um "profissional reconhecido, com larga experiência no setor financeiro brasileiro, ampla visão da economia nacional e internacional, além de já ter passagem pela diretoria colegiada dessa instituição". "Suas qualidades e sua formação o credenciam a uma bem sucedida gestão frente à autoridade monetária brasileira", acrescentou Tombini.

Em entrevista coletiva, Meirelles disse que Goldfajn vem para Brasília hoje e os dois discutirão sobre possíveis substituições na diretoria do BC.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos