Funcionários e apoiadores mantêm ocupação da sede do MEC no Rio

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - Manifestantes que ocupam sede da Funarte promovem show contra mudanças na área da Cultura (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Funcionários do extinto Ministério da Cultura e operadores culturais mantêm a ocupação do Palácio Gustavo CapanemaFernando Frazão/Agência Brasil

Funcionários do extinto Ministério da Cultura e operadores culturais mantêm a ocupação do Palácio Gustavo Capanema, sede histórica do Ministério da Educação e Cultura (MEC), no centro do Rio. Foi montado um palco no vão-livre do prédio, onde se apresentam artistas e músicos.

Na tarde desta quarta-feira (18), apresentaram-se os cantores Arnaldo Antunes e Otto. O Ministério da Cultura foi extinto pelo presidente-interino Michel Temer e incorporado ao Ministério da Educação, comandado pelo ministro Mendonça Filho.

O ministro tem defendido que, com a fusão, haverá mais verbas para serem aplicadas diretamente na área cultural. Hoje foi anunciado o nome do novo secretário nacional de Cultura, Marcelo Calero, que ocupava a pasta da Cultura no município do Rio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos