Motoristas de ônibus fazem nova paralisação na capital paulista

Flávia albuquerque - Repórter da Agência Brasil

São Paulo - Motoristas e cobradores de ônibus da capital paulista fazem paralisação contra o aumento de 2,31% oferecido pelas empresas. A categoria reivindica aumento de 5% (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Ônibus parados ontem (18) durante protesto de motoristas e cobradores por reajuste salarialRovena Rosa/Agência Brasil

Motoristas e cobradores de ônibus da capital iniciaram há pouco uma nova paralisação de duas horas reivindicando um aumento salarial maior do que o oferecido pelas empresas: 2,31%. A categoria pede 5% de reajuste. A paralisação começou às 14h e deve terminar às 16h, com os veículos parados dentro dos terminais e bloqueando a saída. No Terminal Pinheiros já há uma barreira no acesso à Marginal Pinheiros, e os carros estão parados nas plataformas. Na manhã de ontem (18), os trabalhadores já fizeram uma paralisação semelhante das 10h da manhã ao meio-dia.

Ontem, de acordo com o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores do Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindimotoristas), 17 mil ônibus pararam, e 55 mil trabalhadores aderiram ao movimento.

A categoria espera que as empresas e a prefeitura negociem novamente esse percentual e aumente o valor da proposta. Caso não haja consenso, os trabalhadores decidirão amanhã (20), em assembleia, se farão greve.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos