Virada Cultural: Jazz na Kombi leva música ao vivo paras as ruas de São Paulo

Camila Boehm - repórter da Agência Brasil

O público pode aproveitar a Virada Cultural nesta sexta-feira (20), que terá um happy hour com diversas opções no centro da capital paulista até as 23h, no perímetro entre a Avenida Ipiranga e a Praça da Sé. Nove pontos recebem atrações culturais. A ideia é misturar o público da Virada Cultural às pessoas que curtem a sexta-feira à noite no centro. O happy hour tem parceria com bares e restaurantes.

São Paulo - Jazz na Kombi se apresenta no Viradão Cultural Paulista 2016, no Viaduto do Chá (Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Jazz na Kombi é uma das atrações do happy hour da Virada Cultural de São PauloRovena Rosa/Agência Brasil

No Viaduto do Chá, até as 23h, o projeto Jazz na Kombi leva a música instrumental para a rua. A ideia surgiu quando Giovani Baffô e sua mulher compraram uma Kombi para carregar materiais que usavam em projetos de artes pela cidade. "Nesse meio tempo, eu tinha comprado um monte de discos de jazz, de CDs de jazz, que estavam no sebo, bem baratos, e, a partir daí, eu comecei a ouvir jazz na Kombi", disse Baffô.

A partir daí, surgiu a ideia de carregar diversas bandas de jazz, por toda a cidade, dentro de sua Kombi. Criado em fevereiro de 2014, mais de 50 bandas tocaram no projeto. "Fizemos muita coisa na rua em São Paulo, criamos o 'Melhor Festival de Jazz do Mundo', que fizemos algumas vezes na Praça Roosevelt", disse o idealizador. Além disso, o Jazz na Kombi passou por muitas comunidades paulistanas.

A música agradou o público da Virada Cultural. A antropóloga Luna Castro, de 28 anos, se interessou em conhecer esse projeto e sua itinerância. "O interesse por unir o jazz ao veículo, à Kombi, e ver como eles fazem esses arranjos aqui no meio da cidade. Essa coisa do improviso do jazz e o improviso de encontrar um canto na cidade também", comparou. Ela diz que a Virada Cultural é "genial". "Deveria se ramificar para outros dias do calendário, não ficar restrita só ao final de semana".

Alcineia Silva, 59, secretária, disse que conhecia o Jazz na Kombi e gosta muito do projeto. Todos os anos ela participa de alguma atividade da Virada e na noite de hoje estava curtindo o show de jazz após sair do trabalho. "Final de dia, saindo trabalho, aproveitar boa música. Fiz uma foto e estava pensando agora mesmo que a cidade deveria ter isso com maior regularidade. Sair do trabalho e ouvir uma boa música é muito legal, muito bom", disse.

Música autoral

São Paulo - Os shows do Palacete Teresa Toledo Lara acontecem na varanda, durante o Viradão Cultural Paulista 2016 (Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Palacete Teresa Toledo Lara receberá shows de música autoralRovena Rosa/Agência Brasil

Outro o destaque de hoje é a pré-inauguração do Palacete Tereza Toledo Lara que abrigará a Casa de Francisca, um espaço de música autoral da capital paulista. Durante o final da tarde e a noite, os artistas Ná Ozzetti, Dante Ozzetti, Marcelo Pretto, Arrigo Barnabé, Luiz Tatit e Livia Nestrovski, Rodrigo Campos, Romulo Fróes e Marcelo Cabral, Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França, Siba, Mestre Nico e Leandro Gervásio integram a programação e se apresentam da varanda do Palacete, voltados para o público no calçadão histórico, na esquina da Rua Direita com a Rua Quintino Bocaiuva.

A programação completa está no site www.viradacultural.prefeitura.sp.gov.br.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos