Congresso debate revisão da meta fiscal e votação deve terminar de manhã

Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil

Terminou há pouco a sessão Congresso Nacional destinada a apreciar 24 vetos presidenciais. Agora, os parlamentares passam a apreciar o projeto do governo que modifica a meta fiscal.

Com mais de 12 horas de duração, a sessão para a análise dos vetos foi marcada por embates entre integrantes da base do governo interino e oposição. Inicialmente, os 24 vetos foram mantidos em votação única em cédula.

No entanto, foram apresentados 13 destaques aos vetos, que precisaram ser analisados um a um. Os congressistas aprovaram três destaques, derrubando três vetos; os demais foram mantidos, o que tornou possível votar o projeto com a nova meta fiscal.

A oposição trabalha para obstruir as votações, enquanto o governo pretende manter a sessão madrugada adentro até conseguir votar a revisão da meta, proposta pelo presidente interino Michel Temer, que prevê déficit primário de até R$ 170,5 bilhões.


 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos