Dólar registra alta de 0,61% e fecha a R$ 3,59; Bovespa sobe 0,28%

Mariana Branco - Repórter da Agência Brasil

Na véspera do feriado de Corpus Christi, o dólar fechou o pregão cotado a R$ 3,59, com alta de 0,61%. O dia de hoje (25) voltou a ser marcado por temores relacionados à instabilidade política. Vieram à tona áudios gravados pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, em encontros com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente José Sarney.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa), encerrou em leve alta de 0,28%, aos 49.482 pontos. A bolsa brasileira também foi afetada pela incerteza política, mas a alta do petróleo e o fechamento em alta das bolsas americanas ajudaram no encerramento positivo.

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), homologou nesta quarta-feira a delação premiada de Machado. Na segunda-feira (23), um áudio gravado pelo ex-presidente da Transpetro já havia forçado o licenciamento do cargo do ministro do Planejamento do governo interino de Michel Temer, Romero Jucá.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos