PUBLICIDADE
Topo

Número de mortos nos últimos dois dias em atentados na Síria chega a 184

Da Agência Lusa

25/05/2016 09h16

O balanço do número de mortos registrados nos atentados dos últimos dois dias nas localidades de Yabla e Tartús, na costa mediterrânea síria, aumentou para 184, segundo dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH). O maior número de mortos registou-se em Yabla, na província de Latakia, onde 136 pessoas perderam a vida em cinco explosões. Duas explosões foram de carros-bomba na entrada de uma estação de ônibus e as outras três foram realizadas por suicidas com cintos carregados de explosivos próximo a dois hospitais e nas imediações da Direção de Eletricidade. Os meios de comunicação oficiais sírios informam número menor de mortos: 78 e dezenas de feridos. O grupo radical Estado Islâmico reivindicou a autoria dos atentados e disse que foi um ato de vingança devido aos bombardeios da Rússia, aliada do regime de Damasco, capital da Síria. Estes ataques são os primeiros na região de Latakia e Tartús, onde vive uma minoria alauitas - à qual pertence o presidente sírio, Bashar Al Assad - e onde os níveis de violência tem sido menores desde o inicio do conflito, em março de 2011. Em Tartús há uma base naval da Rússia e Yabla fica perto do aeroporto militar de Hamimim, utilizado pela aviação russa para lançar seus bombardeios no território sírio.