Benefícios de programas sociais não foram pagos este mês no Rio de Janeiro

Akemi Nitahara - Repórter da Agência Brasil

Mais de 160 mil famílias que recebem benefícios sociais do governo do Rio de Janeiro estão sem receber as parcelas desde mês. Devido ao agravamento da crise econômica no estado, os pagamentos que deveriam ter sido feitos semana passada ainda não chegaram para as famílias de baixa renda.

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH) confirmou que 10.095 famílias não receberam o valor referente ao Aluguel Social, que beneficia pessoas que perderam suas casas em tragédias como deslizamentos de terra na Região Serrana, em 2011, e no Morro do Bumba, em Niterói, em 2010. O benefício é concedido por 12 meses e pode ser prorrogado até R$500.

Outras 154 mil famílias que fazem parte do programa Renda Melhor, um complemento ao Bolsa Família, do governo federal, também estão sem receber. Esse benefício paga de R$30 a R$300 por família, de acordo com a condição de vida de cada uma.

A SEASDH esclareceu que "os benefícios do Renda Melhor e Aluguel Social devem ser pagos nos próximos dias, assim que a Secretaria de Fazenda liberar a cota financeira".

A Secretaria de Estado de Fazenda informou que "o pagamento será realizado o mais rapidamente possível, dependendo das possibilidades de recursos em caixa".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos