Polícia retoma negociação para desocupar hotel no centro de Brasília

Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil

Brasília - Ocupado pelo Movimento Resistência Popular, o Hotel Torre Palace, localizado próximo à Torre de TV, região central de Brasília, passa por operação policial para desocupaçãoElza Fiuza/Agência Brasil

A Polícia Militar (PM) retomou na manhã de hoje (2) as negociações para a desocupação do antigo Torre Palace Hotel, localizado na região central de Brasília. O chefe da Comunicação Social da PM, coronel Antônio Carlos, contou que as negociações não avançaram ontem (1º) pois ainda há duas crianças no prédio que, segundo ele, estão sendo submetidas a "tratamento cruel" por parte dos pais, que não atendem aàsolicitação para descer. "Pelo contrário, ameaçam as crianças se a PM invadir o prédio. Por isso, ontem, não tomamos uma medida mais enérgica", disse.

Abandonado desde 2013, o edifício foi ocupado em outubro de 2015 por cerca de 150 pessoas do Movimento de Resistência Popular, que reivindica políticas de moradias no Distrito Federal. Segundo o coronel Antônio Carlos, o prédio já vinha sendo invadido por usuários de drogas e era local recorrente de crimes e de tráfico de drogas. "É um local muito insalubre", disse ele em entrevista hoje ao Programa Revista Brasil, da Rádio Nacional de Brasília.

Caso as negociações não avancem, o militar disse que a PM terá que usar os meios necessários para desocupar o prédio e retirar as crianças. "A partir do momento em que submetem crianças a um tratamento desumano e ameças e agridem os órgãos de segurança, porque jogam vários objetos lá de cima, eles passaram a ser tratados não como cidadão de bem que estão ali em uma situação de risco, e sim como criminosos que precisam ser retirados", argumentou o coronel,

A reintegração de posse foi autorizada pela Justiça em decisão de 2ª instância, no dia 24 de maio, e mobiliza as forças de segurança e servidores do governo do Distrito Federal, entre representantes da Defesa Civil, Secretaria de Habitação (Sedhab), Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedest) e Secretaria de Estado de Ordem Pública e Social (Seops).

De acordo com o coronel Antônio Carlos, o prédio foi condenado pela Defesa Civil e será isolado após a desocupação. Antes, as famílias do Movimento de Resistência Popular ocuparam o Clube Primavera, em Taguatinga, e o Hotel Saint Peter, também na área central da capital.

O trânsito na via N1, do Eixo Monumental, está bloqueado na altura do hotel, entre a rodoviária do Plano Piloto e a Torre de TV.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos