Sete bairros são atingidos por vendaval em Vargem Grande Paulista

Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil

Cobertura de zinco foi arrancada de prédios e postes foram derrubados pelo vendavalRovena Rosa/Agência Brasil

Sete bairros da cidade de Vargem Grande Paulista foram atingidos pelos fortes ventos que acompanharam a chuva de ontem (6) à tarde. A tempestade, que teve também descargas elétricas, provocou queda de árvores e de postes, destelhamento em residências e em uma quadra poliesportiva. Pelo menos três prédios públicos foram danificados e outros três galpões destelhados, 25 postes de energia caíram e cerca de 30 árvores estão em risco de queda.

Os bairros atingidos foram: Jardim Margarida, Jardim Floresta, Jardim Marialda, Jardim Helena Maria, Bela Vista, Portão Vermelho e Chácara Planalto. A prefeitura decretou emergência no município.

De acordo com o prefeito Roberto Rocha, o vendaval começou por volta das 16h, varrendo um trecho no sentido sul-norte, e durou pelo menos 15 minutos. "O vento começou na Rodovia Bonjiro Nakao, derrubando árvores e destruindo galpões comerciais. Nos bairros seguintes, que são residenciais, também caíram árvores e postes, e as casas ficaram destelhadas."

Folhas de zinco e telhas, postes derrubados e entulho bloqueiam ruas na cidadeRovena Rosa/Agência Brasil

No bairro Bela Vista, dois prédios da área da saúde foram danificados com destruição de portas e vidros. Além disso, o vento arrancou a cobertura da quadra poliesportiva de uma escola recém-construída. A cobertura de zinco caiu retorcida em uma rua próxima. "Esse telhado foi arremessado a uma distância de mais ou menos 150 metros, quebrando fios e postes e caindo na Rua Helena, em frente a outra escola municipal. Esta foi a pior das situações."

Segundo Rocha, nos sete bairros mais afetados, residem 5 mil pessoas e 48 estão desalojadas (abrigadas em casas de amigos e parentes). "Temos cinco equipes nos bairros levantando as necessidades. As pessoas foram atendidas durante a madrugada, e colocamos à disposição uma quadra de esportes para abrigá-las, caso seja necessário. A prefeitura está providenciando também atendimento para mudança para aqueles que não puderem voltar para casa". A limpeza nas ruas já está sendo feita.

Ainda não é possível fechar um balanço de todos os estragos, que estão sendo avaliados pela Defesa Civil, mas a expectativa é que, até sexta-feira (10), a situação esteja normalizada, principalmente com o religamento da energia elétrica, já que esses bairros ainda estão sem luz. "Ainda estamos fazendo uma quantificação das casas atingidas. Depois vamos encaminhar para a Secretaria Municipal de Assistência Social, que fará uma triagem para avaliar as necessidades de cada um", disse o coordenador da Defesa Civil do município, Francisco Bispo.

Segundo Bispo, pelo menos três pessoas foram atendidas no pronto-socorro. "Foram pessoas que não tiveram nada grave, nenhuma escoriação, ficaram assustadas apenas. Temos que agradecer que nada mais grave aconteceu."

Vendaval provocou destelhamento de casas no município de Vargem Grande PaulistaRovena Rosa/Agência Brasil

A dona de casa Maria Gaudêncio, de 50 anos, vive em um quintal dividido com mais duas famílias, estava em casa com o marido no momento da ventania. O maior estrago foi na parte de cima, onde vive um casal que estava trabalhando. "A ventania começou de repente, com muita força e foi muito rápida. Na hora eu pensei que a casa estava pegando fogo porque começou a pipocar tudo lá em cima com as telhas quebrando. Quando saímos, deu para ver o estrago. Parecia que o mundo estava acabando".

A aposentada Vera Lúcia Novaes Andrade percebeu que o céu estava escurecendo e foi recolher a roupa do varal. Rapidamente, Vera Lúcia viu o vendaval começar, com as telhas voando em sua direção. "Eu me abriguei embaixo da cobertura da lavanderia, mas ela é aberta e tudo vinha em cima de mim. O vento vinha reto e trazia tudo para cá". Vera teve a chance de observar ainda a cobertura do ginásio voando. "Eu só vi levantar. Depois, não vi mais nada e rezei."

Tanto Maria quanto Vera estavam limpando a casa e consertando o telhado, ação repetida por outros moradores nesse e em outros bairros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos