Defesa Civil de SP decreta estado de alerta para baixas temperaturas

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

A Defesa Civil de São Paulo decretou hoje (13) no começo da noite estado de alerta para baixas temperaturas na capital. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura, a temperatura na Praça da Sé era de 10,2 graus Celsius (ºC) às 21h. No bairro da Capela do Socorro, na zona sul da cidade, no mesmo horário a temperatura era de 6,9ºC.

No Aeroporto de Congonhas, às 20h os termômetros marcavam 10ºC com sensação térmica de 5ºC; no Aeroporto de Guarulhos, a temperatura era de 11ºC com sensação de 8ºC. No Campo de Marte, na zona morte, 12ºC com sensação de 7ºC no mesmo horário.

Conforme previsão dos meteorologistas do CGE, as próximas horas seguem com declínio das temperaturas, que devem ficar, em média, em 7ºC na madrugada. Amanhã (14), o dia deve começar com temperaturas baixas e possibilidade de formação de nevoeiro na Grande São Paulo.

Segundo os meteorologistas, com a chegada do sol, a sensação de frio diminuirá. Não há previsão de chuva para esta terça-feira. A mínima prevista é de 7ºC e máxima, 20ºC. A umidade do ar durante a tarde deve cair para valores em torno dos 30%.

Morte de moradores de rua

A Arquidiocese de São Paulo confirmou hoje a morte de mais dois moradores de rua na capital paulista, possivelmente em razão do frio dos últimos dias. A Secretaria de Segurança Pública já havia registrado o óbito de dois homens em situação similar, um na Avenida Paulista e outro em frente à Estação Belém do metrô.

Pessoas em situação de rua na Praça da Sé, região central, enfrentaram temperatura de 0°C. Foi a madrugada mais fria dos últimos 12 anos Rovena Rosa/Agência Brasil

Um homem foi achado morto próximo ao metrô Santana, zona norte, na última quinta-feira (9). Outro corpo, de uma mulher, foi encontrado na sexta-feira (10) perto do Terminal Rodoviário do Tietê, também na zona norte. Eles ainda não foram identificados.

O corpo do morador de rua João Carlos Rodrigues, 55 anos, que estava nas imediações da Estação Belém do metrô, foi achado na madrugada de sexta-feira. O corpo de Adilson Justino, idade desconhecida, foi encontrado pela Polícia Militar na Avenida Paulista.

As causas das mortes ainda serão investigadas, mas, para a Arquidiocese de São Paulo, tudo indica que o frio tenha matado as quatro pessoas. São Paulo tem batido recordes de baixas temperaturas. Hoje mais cedo, a cidade registrou - 0,6 grau às 3h30 na estação meteorológica da Capela do Socorro, temperatura mais baixa medida pelo CGE em 12 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos