Presidente de Portugal se solidariza com vítimas de atentado em Orlando

Marieta Cazarré - Correspondente da Agência Brasil

Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal, enviou hoje (13) uma nota de condolências ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. O comunicado, em que defende a democracia, foi feito após o atentado que matou cerca de 50 pessoas em uma boate gay em Orlando, na Flórida.

Rebelo de Sousa afirmou que o povo português assistiu "com profundo pesar ao trágico atentado que causou um número tão elevado de vítimas inocentes e que marcou todos os que partilham os valores da democracia, da promoção da paz e do respeito pelos direitos do homem".

O presidente, em nota dirigida a Barack Obama, afirmou ainda que gostaria de "transmitir-lhe, em meu nome e em nome do povo português, a nossa solidariedade nacional perante tão dramático acontecimento, pedindo-lhe que aceite minhas mais sentidas condolências".

De acordo com o Observatório da Emigração, do Instituto Universitário de Lisboa, há cerca de um milhão de portugueses vivendo nos Estados Unidos, o que representa aproximadamente 10% da população de Portugal (pouco mais de 10 milhões de habitantes).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos