Homem vai preso após ameaçar de morte, pelo Facebook, premier da Estônia

Da Agência Sputinik Brasil

Um homem vai passar três meses na prisão depois de ameaçar de morte o primeiro-ministro da Estônia, Taavi Rõivas, na rede social Facebook.

O jovem foi acusado pela Procuradoria da Estônia por ter postado várias vezes, em seu perfil, ameaças de morte ao premiê Rõivas.

De acordo com as autoridades, Kattai coletou e divulgou informações sobre o local de residência do político, além de discutir táticas de seus guarda-costas e armas que estes possuem.

A decisão foi do tribunal da capital do país báltico, Tallin, e condenou Martin Kattai, de 33 anos, a dois anos de reclusão, dos quais 3 meses em prisão efetiva. O resto do período ele passará em "pena suspensa", diz o comunicado de imprensa da corte.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos