Bombeiro busca há 18 horas mulher soterrada em desabamento de igreja em Diadema

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil

Bombeiros passam a madrugada na igreja que desabou em DiademaBruno Bocchini/Agência Brasil

O Corpo de Bombeiros busca há 18 horas a última vítima, uma mulher de nome Vanda, ainda soterrada no desabamento da igreja Assembleia de Deus Madureira, na cidade de Diadema, Grande São Paulo. Dois homens, um de 23 anos e o outro de 44 anos, foram resgatados às 4h de hoje (16).

Os Bombeiros informaram que os homens estavam conscientes e foram levados pelo helicóptero Águia, um ao Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas e o outro para o Pronto-Socorro do Hospital Mário Covas. Os dois estavam soterrados, mas os bombeiros conseguiam manter contato visual com ambos desde as 19h25 de ontem (15).

Além dessas vítimas, quatro pessoas foram retiradas do local com ferimentos leves. No momento do desabamento, ocorria um culto em que participavam entre dez e 15 pessoas.

A prefeitura de Diadema informou que o local estava em obras, mas sem autorização da administração municipal. Uma notificação foi entregue à igreja, na segunda-feira (13), determinando a paralisação da obra.

O advogado da igreja, kaique Nicolau de Lima, disse ontem à Agência Brasil que a obra estava parada há cerca de duas semanas por determinação da própria igreja, devido à falta de autorização.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos