Dornelles pede apoio das Forças Armadas para atuar nos Jogos Rio 2016

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

 

O governador em exercício Francisco Dornelles enviou hoje (15) ofício ao presidente interino, Michel Temer, solicitando o emprego das Forças Armadas no Rio de Janeiro, no período de 24 de julho a 19 de setembro. Os militares deverão atuar no policiamento ostensivo nas linhas Vermelha e Amarela, Avenida Brasil, Aeroporto Internacional Tom Jobim, devido ao elevado número de visitantes na cidade antes e durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

No documento, o governador em exercício destaca que a Polícia Militar não dispõe de recursos operacionais para o cumprimento de todas as demandas.

Dornelles informou durante os jogos, a PM não terá apoio da Força Nacional de Segurança Pública no policiamento ostensivo da cidade, uma vez que estará empregada de maneira maciça na segurança interna das instalações olímpicas.

Apoio do governo

Em visita ao Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na terça-feira (14), o presidente interino Michel Temer participou de reunião do grupo de trabalho interministerial de coordenação e monitoramento dos Jogos. Antes, Temer se encontrou com os presidentes do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman.

Em reunião do grupo de trabalho, na semana passada, em Brasília, Temer destacou a importância dos Jogos para o país e reafirmou todo o apoio do governo federal na organização do evento. "O sucesso da Olimpíada significa o sucesso do nosso país. Faremos uma visita, vou ter um primeiro contato.Tenho este encontro com o senhor presidente do COI, até para dar uma injeção de ânimo", disse, na ocasião.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos