Ministra da Venezuela pede medicamentos ao governo brasileiro

Aline Leal - Repórter da Agência Brasil

O governo venezuelano solicitou a doação de medicamentos ao Brasil devido a desabastecimento no país. O pedido foi feito hoje (17) em reunião bilateral entre o ministro da Saúde do Brasil, Ricardo Barros, e a da Venezuela, Luisana Melo, em Montevidéu, por ocasião da reunião de ministros do Mercosul.  O governo venezuelano ainda não detalhou que tipos de remédios necessita.

Segundo Barros, o Congresso venezuelano já havia feito o pedido ao Itamaraty, porém, para ser atendido, a solicitação deve partir do Poder Executivo do país vizinho. "Nós dissemos à ministra da Saúde venezuelana que poderíamos atender se fosse um pedido de governo e que ela formalize esse pedido, se desejar", disse o ministro em Montevidéu, por meio de conferência à imprensa do Brasil.

Mercosul

Durante o encontro dos ministros do Mercosul, o Brasil apresentou proposta para que os países do bloco adotem o protocolo para combate ao comércio ilegal de tabaco. "É uma rastreabilidade de insumos para poder garantir que a produção de cada país seja comercializada dentro dos termos legais e que nós saibamos para onde está se destinando a produção", disse Barros.

O protocolo foi desenvolvido a partir da Convenção-Quadro para Controle do Tabaco da Organização Mundial da Saúde (OMS), da qual o Brasil é signatário. Entre outros pontos, a medida determina que o produto seja controlado desde a produção dos insumos até a exposição nos pontos de venda.

Durante o encontro, os ministros do Mercosul também pactuaram o interesse em fazer uma compra conjunta dos medicamentos sofosbuvir, daclastavir e simeprevir, todos usados no tratamento de Hepatite C. O objetivo da compra em bloco é diminuir o preço dos produtos. Em 2015, oito países do Mercosul fizeram a compra em conjunto do darunavir, usado no tratamento de Aids, com descontos de até 83%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos