Prefeitura do Rio não tem como assumir mais responsabilidades, diz Paes

Vinicius Lisboa - Repórter da Agência Brasil

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse hoje (19) que a prefeitura não tem como assumir mais obrigações do governo do estado para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016. Na última sexta-feira (18), o governador em exercício, Francisco Dornelles, decretou estado de calamidade pública por causa da crise financeira.

"A prefeitura vem assumindo tudo, mas tem uma hora que não dá mais", disse o prefeito, que destacou que o município se responsabilizou por todas as obras de estádios e de legado, deixando a segurança e a Linha 4 do metrô para o estado. "Já assumi tudo o que podia do governo do estado. Não dá para assumir a polícia e não dá para assumir a única obra que eles ficaram de fazer."

O prefeito disse acreditar que a crise no estado não representa risco para os jogos. Ele ponderou, entretanto, que a situação impacta serviços básicos prestados à população e defendeu que o governo federal socorra o estado do Rio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos