Hospital universitário da Uerj faz paralisação para cobrar verbas

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Funcionários do Hupe (Hospital Universitário Pedro Ernesto) fazem nesta segunda-feira (20) uma operação de 24 horas para cobrar verbas necessárias para o funcionamento da unidade. Vinculado à Universidade do Estado do Rio de Janeiro, o hospital passa por dificuldades financeiras e precisa de R$ 7 milhões para pagar os compromissos com fornecedores e manutenção.

Segundo a assessoria de imprensa, a verba deveria ter sido depositada no dia 27 de maio, mas apenas R$ 4 milhões foram pagos. O valor depositado foi considerado insuficiente e, como protesto, hoje não serão realizadas cirurgias eletivas. Ainda de acordo com o hospital, as cirurgias marcadas para os próximos dias estão mantidos.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia informou que o repasse integral não foi feito devido à crise financeira que afeta o governo fluminense.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos