Ações da Oi fecham o dia com queda de 18%; Bovespa tem alta de 1%

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

As ações preferenciais da companhia de telefonia Oi fecharam o dia de hoje (21) com queda de 18,1% na Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa), valendo R$ 0,81.

No início do pregão, a ação chegou a valer R$ 0,68, uma desvalorização de cerca de 30%, o que fez com que a BM&F Bovespa suspendesse as negociações dos papéis da empresa por cerca de uma hora. Já as ações ordinárias encerraram o dia valendo R$ 1,15, um recuo de 8,7%.

A companhia de telefonia Oi entrou ontem (20) na 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio com um pedido de recuperação judicial, incluindo no processo um total em dívidas de R$ 65, 4 bilhões.

Impacto no Ibovespa

Os papéis da Oi não fazem parte do pacote que compõem o índice Bovespa (Ibovespa), que encerrou o dia em alta de 1,01%, aos 50.837 pontos. No entanto, entre as empresas que compõem o índice, a queda mais acentuada ocorreu nas ações do Banco do Brasil (-4,46%), um dos credores da Oi. Também tiveram baixa papéis da Qualicorp (-2,97%) e Equatorial (-1,66%). Já as maiores altas de hoje foram das ações da Localiza (5,24%), Smiles (5,10%) e Kroton (5,3%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos