Comitê australiano recomenda cuidado elevado no Rio, após assalto de atleta

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O Comitê Paralímpico Australiano divulgou nota dizendo que recebeu um alerta da Polícia Federal da Austrália para que os atletas que venham ao Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 216 tenham 'cuidado elevado' durante a estada no Rio de Janeiro. A nota foi divulgada ontem (20) em conjunto com o time de vela do país, um dia depois do assalto à atleta de vela paralímpica Liesl Tesch e sua técnica Sarah Ross ocorrido na capital fluminense.

Na manhã de domingo, as duas foram abordadas por um homens armado e seu comparsa enquanto andavam de bicicleta próximo ao seu hotel. Liesl foi empurrada para o chão e as bicicletas foram roubadas. Segundo a nota, nenhuma das duas ficou ferida.

A polícia carioca está investigando o crime e, de acordo com nota, está oferecendo assistência para as duas australianas. Tanto o comitê quanto o time australiano de vela informaram que estão trabalhando junto à Polícia Federal da Austrália para garantir a segurança de sua delegação durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos