Prefeitura regulamenta medidas para garantir mobilidade durante a Rio 2016

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

A prefeitura do Rio de Janeiro regulamentou hoje (22) um pacote de medidas para o período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, que ocorrerão, respectivamente, entre 5 e 21 de agosto e 7 e 18 de setembro.

O prefeito Eduardo Paes decretou feriado nos dias 5, 18 e 22 de agosto, o fechamento do Parque da Quinta da Boa Vista por quatro dias, a proibição de entrada e circulação de veículos de carga em vias do centro e das zonas norte, sul e oeste em horários específicos, além da proibição da circulação de carretas e caminhões em trechos da Avenida Brasil e Linha Vermelha e a criação da Rede de Faixas Olímpicas e Paralímpicas, a ser utilizada pelos veículos credenciados pelo Comitê Rio 2016.

De acordo com o prefeito, as medidas objetivam à melhoria da mobilidade urbana e da segurança de todos que utilizam a malha viária, uma vez que o evento implicará em um considerável aumento no fluxo de veículos e pessoas nas ruas e nos transportes públicos. No período, o Rio receberá mais de 15 mil atletas de 206 países. Eles concorrerão a medalhas em 65 modalidades esportivas. No dia 10, outro decreto do prefeito Eduardo Paes determinou a aplicação de férias escolares durante a Olimpíada.

Feriados

Os feriados ocorrerão nos dias 5 de agosto, data da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no Estádio do Maracanã, 18 de agosto, destinado à prova de triatlo nas ruas de Copacabana, e 22, quando haverá grande fluxo de pessoas se dirigindo aos aeroportos da cidade para retorno a seus países de origem, principalmente os destinos internacionais.

Corredor exclusivo

A Rede de Faixas Olímpicas e Paralímpicas poderá ser utilizada pelos veículos credenciados pelo Comitê Rio 2016 entre 25 de julho e 18 de setembro.

As faixas poderão ter dois tipos de utilização: as dedicadas, para circulação exclusiva de veículos credenciados, e as prioritárias, para veículos credenciados, ônibus de linhas regulares, táxis com passageiros nos corredores de tráfego do sistema rápido de transporte coletivo (BRS) e veículos que se dirijam a áreas cuja acessibilidade ficará restrita com a implantação das faixas, como a Avenida Niemeyer, que liga o bairro do Leblon à São Conrado, na zona sul.

Resolução

A Secretaria Municipal de Transportes emitirá resolução regulamentando as normas de utilização e funcionamento, detalhamento dos trechos das vias a serem utilizados, dias e horários de operação de cada um dos trechos das Faixas Olímpicas e Paralímpicas, fechamento de acessos e bloqueio de vias, cancelamento de faixas reversíveis rotineiras da cidade e áreas de lazer, além de medidas necessárias para priorizar a fluidez nas faixas.

Os veículos não credenciados ou autorizados que circularem pelas Faixas Olímpicas e Paralímpicas poderão ser multados em R$ 1,5 mil. O não pagamento implicará na inclusão do proprietário do veículo infrator na dívida ativa do município do Rio de Janeiro.

Estacionamento

Durante o período da Rio 2016, os veículos do tipo "MotorHome" não poderão estacionar em áreas públicas da cidade. Eles terão de ser dirigir à Avenida Visconde de Rio Branco, 239, no centro de Niterói, região metropolitana do Rio, onde poderão estacionar, conforme estabelece parceria firmada com a prefeitura de Niterói. 

Na Copa do Mundo, veículos de outros estados e países, principalmente Argentina, ficaram estacionados durante toda a competição no Sambódromo. Na Rio 2016 haverá competições na Marquês de Sapucaí e, por isso, o local não poderá ser liberado para estacionamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos