Vencedores do Off Flip 2016 vão receber o prêmio na feira literária de Paraty

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

 André Balaio e Admaldo Matos de Assis, ambos de Recife (PE), são os vencedores do Prêmio Off Flip 2016, na categoria conto, com as obras O lado de lá e Boa-noite, Maria, respectivamente. O terceiro colocado é o conto Necrológio de Thomas Bernhard, de Tiago Franco, de Macaé (RJ). Já no gênero poesia, os três primeiros lugares escolhidos pela comissão julgadora são, pela ordem, as obras Tábua de desmandos, de Daniel Retamoso, de Passo Fundo (RS); Dores de camponês, de Silvestre Andrade Magalhães, de Virginópolis (MG); e Prece estruturada em formato de polpa, de Catarina Lins Antunes de Oliveira, do Rio de Janeiro (RJ).

O Prêmio Off Flip Bibliomundi de Literatura é promovido há dez anos pelo Selo Off Flip. Reconhecida nacional e internacionalmente, a premiação contempla os gêneros conto, poesia e literatura infantojuvenil. Os vencedores ganharão R$ 30 mil no total, além de estadia paga durante a Feira Literária Internacional de Paraty (Flip) e cota de livros. A 14ª Flip será aberta no dia 29 deste mês e se estenderá até 3 de julho, tendo como autora homenageada a poeta Ana Cristina Cesar, expoente do movimento Poesia Marginal.

No gênero literatura infantojuvenil, os ganhadores, divulgados no site www.premio-offflip.net, são Papo Reto & Papo Curvo, de autoria de João Luiz Guimarães Lima de Souza, de São Paulo (SP); Os Doze - Lendas nunca morrem, de Leonardo Born, também de São Paulo (SP); e O irmão mais velho, de Leandro Reboredo, do Rio de Janeiro (RJ).

Os contos e poemas selecionados no Prêmio Off Flip serão publicados em coletânea e os autores das obras vencedoras no gênero infantojuvenil firmarão contrato de edição com o Selo Off Flip, informou a assessoria de imprensa do prêmio.

Os primeiros colocados nas categorias conto e poesia receberão R$ 5 mil cada; os segundos colocados terão R$ 4 mil cada; e os terceiros colocados, R$ 1 mil cada. Já para o gênero infantojuvenil, o primeiro e o segundo colocados receberão R$ 3 mil cada. O sarau de premiação dos vencedores nos três gêneros literários acontecerá no Centro Cultural Sesc Paraty, no próximo dia 2 de julho, durante a Flip.

Também no dia 2 de julho, haverá um seminário gratuito e aberto ao público em geral, dentro da programação Off Flip das Letras, circuito literário com saraus, lançamentos e mesas de debate que ocorrem juntamente à Flip. O seminário abordará "Os desafios do autor diante do novo cenário editorial".

Mercado digital

O fundador da Bibliomundi, plataforma de autopublicação e distribuição de livros digitais, cuja proposta é contribuir para a democratização desse mercado, Raphael Secchin, disse à Agência Brasil que a expansão do mercado de livros impressos, registrada no ano passado por influência dos livros de colorir, sofreu uma queda, o que levou muitos escritores a investir no mercado digital. "Hoje em dia, com as ferramentas digitais, ficou muito fácil o autor ter sua obra disponível para qualquer um acessar, porque na internet, qualquer pessoa pode publicar". A dificuldade, mencionou, consiste em poder ser encontrado porque, com a grande quantidade de conteúdo digital, "muitas vezes até gratuito, o autor tem que trabalhar muito para ser encontrado pelos leitores em potencial".

Secchin enumerou, entre as vantagens do mercado digital, não haver problema de estoque nem de frete e redução de custo em relação ao livro tradicional. "Você consegue alcançar leitores no mundo inteiro pelo mesmo custo. Como essas barreiras (de distância) caem, existe uma facilidade maior de atingir mercados desconhecidos pelo simples acesso da internet".

O seminário tratará dos entraves enfrentados pelos escritores iniciantes que buscam o mercado editorial e, ao mesmo tempo, mostrará as alternativas de autopublicação e de aproximação com editoras de todo o país. Secchin acredita que no cenário de crise econômica do Brasil, o mercado digital é uma alternativa importante para os escritores brasileiros. "Dá a possibilidade de eles aumentarem as chances de ter sucesso nessas empreitadas".

O seminário será realizado no Café Literário, localizado na Praça da Matriz, no centro histórico de Paraty, município da Costa Verde fluminense. Durante o encontro, serão apresentadas ao público as possibilidades de publicação existentes hoje, que englobam a publicação tradicional, a paga e a autopublicação, e como usar as redes sociais para formar leitores e promover os livros. Além disso, os participantes conhecerão as inovações tecnológicas do setor, como o data tracking e o book analytics, ferramentas que permitem a autores e editores acompanharem em tempo real a reação dos leitores e do mercado livreiro, informou a assessoria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos