Aneel define novas tarifas de distribuidoras do Paraná e do Tocantins

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (28) as revisões tarifárias das empresas Energisa Tocantins (ETO) e Companhia Campolarguense de Energia (Cocel).

As tarifas da ETO, que entram em vigor na próxima segunda-feira (4), terão um aumento de 13,79% para os consumidores residenciais e de 9,99% para as indústrias. A distribuidora atende  572 mil consumidores em 139 municípios de Tocantins.

Já para a Cocel, haverá uma redução de 9,59% nas tarifas dos consumidores residenciais e de 22,26% para as indústrias. As tarifas valem a partir de amanhã (29) para 48,6 mil consumidores do município de Campo Largo, no Paraná.

A revisão das tarifas é feita, em média, a cada quatro anos, de acordo com o contrato de concessão de cada empresa e tem como objetivo analisar o equilíbrio econômico-financeiro da concessão. Por isso, pode haver aumento ou redução da tarifa. Na revisão, também são estabelecidos os limites máximo de interrupção do fornecimento de energia que cada distribuidora poderá ter nos próximos quatro anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos