Policiais civis voltam a protestar no Aeroporto do Galeão

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Policiais civis e outros servidores da segurança pública voltaram a protestar hoje (4) no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro pedindo a regularização do pagamento de salários e benefícios e melhores condições de trabalho. Eles fizeram uma passeata pela Ilha do Governador, no início da manhã, e um ato dentro do terminal 2 do Aeroporto Galeão-Tom Jobim.

Os manifestantes mostraram faixas com mensagens sobre as mortes de 54 policiais neste ano no estado, sobre os atrasos nos pagamentos de salários e sobre os riscos que a situação atual da segurança pública no estado traz para os visitantes.

A faixa com a frase "Welcome to hell" (bem-vindos ao inferno, em português), que repercutiu em todo o mundo depois de aparecer no protesto dos policiais no Galeão há uma semana, voltou a ser exibida.

Os policiais também exibiram bonecos fardados simulando policiais mortos e fizeram uma encenação em que todos se ajoelharam e colocaram as mãos em suas nucas, como se estivessem sendo rendidos.

Em nota divulgada hoje, o governo do Estado do Rio informou que começa a aplicar hoje a verba de R$ 2,9 bilhões repassada pela União ao stado. Ainda segundo a nota, o dinheiro será destinado à segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Também hoje será depositada a segunda parcela dos vencimentos e benefícios de maio dos servidores da área de segurança, de bombeiros e da administração penitenciária. O pagamento da folha de junho dessas categorias será feita ainda nesta semana, assim como o pagamento das horas extras e das gratificações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos