Atrasado desde maio, aluguel social será pago pelo governo do Rio esta semana

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

O governo do estado do Rio de Janeiro repassou hoje (5) à Caixa Econômica Federal R$ 4,5 milhões para o pagamento do aluguel social, atrasado desde maio. O pagamento foi acertado em reunião entre o governador em exercício, Francisco Dornelles, o secretário de Fazenda, Julio Bueno, e o de Assistência Social e Direitos Humanos, Paulo Melo.

Hoje de manhã, um grupo de famílias que recebe o aluguel social protestou contra o atraso no pagamento na Avenida Presidente Vargas, no centro do Rio.

Segundo a secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, com a liberação dos recursos, as famílias beneficiárias vão receber o auxílio em até 48 horas. Após o depósito do pagamento de maio na conta dos beneficiários, o governo do estado vai gerar a folha de pagamento para o mês de junho, como exige o sistema de processamento. Por isso, haverá um intervalo de, pelo menos, dois dias para que as famílias recebam o benefício referente ao mês de junho.

"O governador entendeu que o pagamento do aluguel social é uma necessidade de Estado. Não é justo que essas 10,5 mil famílias, cuja maioria perdeu suas casas em tragédias ambientais, sejam novamente atingidas por outra tragédia, desta vez da crise financeira por que passa o Estado", disse o secretário Paulo Melo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos