Cães e gatos são adotados em feira do centro de zoonoses de SP

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da prefeitura promoveu hoje (9) a feira de adoção de cães e gatos recolhidos em São Paulo. Ao todo, 21 gatos e quatro cães foram adotados, superando a média de apenas um ou dois animais adotados por semana.

Atualmente, o CCZ dispõe de 150 cães e 130 gatos prontos para serem adotados. O público interessado, segundo Fernando Hosomi, médico veterinário do CCZ, varia de pessoas de baixa renda, que buscam cachorros para guarda da casa, as pessoas com alto nível de informação, que, por consciência socioambiental, escolhem os animais de difícil adoção, como os mais velhos e com problemas de saúde.

Hosomi explica que a ideia do centro não é recolher todos os animais abandonados nas ruas do município, mas apenas aqueles que oferecem riscos. Alguns exemplos são animais encontrados dentro de escolas, creches e hospitais, ou até mesmo quando são agressores.

Lara Biquiato, 25 anos, assessora de imprensa, levou para casa um gato de 5 anos de idade. "Sou contra comprar animal", disse. Amanhã (10), é seu aniversário e o gato foi o escolhido presente por Lara. "Eu moro com meu irmão e, como a gente mora em apartamento, e aqui só tinha cachorro grande, a gente resolveu levar o gatinho", disse.

Segundo Hosomi, os gatos são a preferência de quem adota no centro de zoonoses. "A população paulistana hoje adota mais gatos, porque não tem muito tempo para cuidar do animalzinho. O gato requer o mesmo cuidado, mas é mais independente. E o ambiente menor é muito mais rico para o gato, ele explora tridimensionalmente os ambientes domésticos, as prateleiras, a mesa", disse.

Guarda responsável

Os animais de raça, os filhotes e os cachorros de pequeno porte ainda são os mais procurados para adoção. Hosomi, no entanto, incentiva o público a adotar também os animais mais velhos ou com problemas de saúde, com consciência. "A gente não estimula de forma exacerbada a adoção. Para nós, uma adoção consciente é muito melhor que uma por impulso".

Os interessados na adoção passam primeiro por uma entrevista. Para adotar é necessário ter mais de 18 anos, apresentar documentos pessoais, comprovante de residência e levar coleira e guia para os cães, caixa de transporte para gatos. É preciso ainda pagar uma taxa pública de R$ 21, mas os animais são entregues vacinados, esterilizados, microchipados e vermifugados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos