Prefeitura avalia assumir a gestão do Estádio do Maracanã em parceria com clubes

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O estádio, hoje sob responsabilidade do estado, foi concedido a um consórcio capitaneado pela empreiteira Odebrecht, mas a concessionária demonstrou interesse em devolvê-lo ao poder públicoME/Portal da Copa/Daniel Basil

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse hoje (9) que está negociando com o governo do estado para assumir a gestão do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. O estádio, hoje sob responsabilidade do estado, foi concedido a um consórcio capitaneado pela empreiteira Odebrecht, mas a concessionária demonstrou interesse em devolvê-lo ao poder público.

"A minha ideia, mas tenho que estudar ainda, é fazer a concessão para os times do Flamengo e do Fluminense. É claro, eles vão ter que desenvolver o modelo de uma empresa para administrar para eles. Mas a ideia é que seja a casa do Flamengo e do Fluminense. O Vasco já tem São Januário e o Botafogo já tem o Engenhão", disse Paes.

Segundo Paes, tanto Flamengo quanto Fluminense são grandes equipes que têm capacidade de atrair público para o estádio permanentemente. "Tendo essa possibilidade, eu vou negociar, sim, com o governador [Francisco] Dornelles. Estamos iniciando as tratativas", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos